Ensaios Caxias do Sul

Pedro Henrique Coelho

ESPAÇOS RESIGNIFICADOS NA CONTEMPORANEIDADE

Através deste ensaio fotográfico, desenvolvido com conceitos absorvidos da disciplina de Memória e Cultura com orientação da Professora e Doutora em Jornalismo Silvana Dalmasso, venho mostrar alguns espaços revitalizados/restaurados de Caxias do Sul, marcando o tempo através da dança contemporânea, que desenvolve movimentos orgânicos em função dos elementos construídos nos edifícios, como escadas, janelas, detalhes ornamentais das fachadas, entre outros.

Aplicando os conceitos de memória urbana/arquitetônica através de fotografias dos prédios históricos de Caxias do Sul que se transformaram ao longo do tempo. Estes mesmos lugares, hoje abrigam outras formas de viver, tornando-os assim em espaços revitalizados e resignificados. A inserção da dança contemporânea em trechos dos ambientes demarcados pelo quadro da câmera, traz a sensação do uso do local por pessoas, o tempo contemporâneo e a escala dos elementos demonstrada pelos movimentos do bailarino. Em três dias de sol conseguimos concluir a etapa das fotos nesses ambientes, trazendo através de posições sutis de dança contemporânea a relação ser humano e construção e a representação das mudanças de memória ao passar do tempo.

Ao realizar o trabalho conclui que os espaços revitalizados escolhidos possuem funções públicas, com biblioteca, arquivo histórico e secretaria da cultura, ambos lugares restaurados e bem preservados e marcam a identidade da arquitetura eclética da cidade. O objetivo de revisitar esses espaços e registrá-los de uma forma interativa foi cumprido, confirmando mais uma vez na possibilidade de reutilizar os espaços existentes e transformá-los a fim de preservar a memória coletiva e individual através da paisagem construída.

Fotografias e texto por Jessica Melinda de Março a Julho de 2017